Após três semanas, bancos gregos reabrem ao público

Limite de saques continua no valor de 60 euros por dia

Fechados desde 29 de junho, os bancos da Grécia voltaram a operar nesta segunda-feira (20/7), porém ainda com o limite de 60 euros por dia para saques.

Logo nas primeiras horas da manhã, foram registradas filas em algumas instituições financeiras do país. Também houve confusão em supermercados, já que a partir de desta segunda-feira (20/7)passa a valer um aumento de impostos em alimentos, restaurantes e transporte.

Os bancos tinham sido fechados por ordem do governo do premier Alexis Tsipras para evitar uma fuga de saques e capitais após as negociações de Atenas com seus credores fracassarem.

Na semana passada, porém, a Grécia conseguiu fechar um acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), com a Comissão Europeia e com o Banco Central Europeu (BCE). O país prometeu adotar medidas de austeridade e reformas no sistema financeiro em troca de um terceiro resgate de 7,16 bilhões de euros.