Dólar volta ao patamar de R$ 2,61

O dólar fechou em alta de 1,37% nesta quinta-feira, cotado a R$ 2,6121, chegando a bater R$ 2,6180 na máxima da sessão, após o Federal Reserve manifestar otimismo sobre a economia dos Estados Unidos.

Nesta manhã, o Banco Central deu continuidade às atuações diárias vendendo a oferta total de até 2 mil swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares. Foram vendidos 200 contratos para 1º de setembro e 1.800 para 1º de dezembro, com volume correspondente a US$ 98,4 milhões.

O BC fez ainda o último dos leilões de rolagem dos swaps que vencem em 2 de fevereiro, que equivalem a US$ 10,405 bilhões, vendendo a oferta total de até 10 mil contratos.