‘FT’: Deere alerta para queda da demanda por maquinaria agrícola

O Financial Times publicou nesta quinta-feira (27/11) uma matéria sobre a Deere & Co, maior fabricante de equipamentos para a agricultura que “registrou resultados acima dos esperados na quarta-feira mas se juntou aos concorrentes ao alertar que a demanda por maquinaria deve cair já que a baixa dos preços da safra se faz sentir”.

John Aglionby e Pan Yuk escrevem: “A empresa, mais conhecida por seus tratores John Deere, gerou um lucro líquido no ano inteiro de US$ 3,2 bilhões para 31 de outubro, seu segundo maior total de todos os tempos, mas previu que os ganhos cairão a US$ 1,9 bilhões em 2015.

Ações na Deere, que haviam caído cerca de 6% este ano, declinaram em torno de 2% para US$ 86,68 por volta de meio dia no mercado de Nova York.

As vendas no mundo todo caíram 5% tanto para o quarto trimestre, a quase US$ 9 bilhões, quanto para o ano todo, para US$ 36,1 bilhões. Analistas esperaram vendas de US$ 7,7 bilhões no quarto trimestre. As vendas do ultimo ano foram de quase US$ 39 bilhões”.

“A empresa, com sede em Illinois disse que reduziria a produção em resposta às vendas. Em agosto anunciou mil demissões, juntamente com o encerramento de unidades de produção e cortes temporaries de empregos.

Samuel Allen, presidente e diretor-executivo, disse que a desaceleração “foi mais forte na venda de maquinaria para fazendas grandes, incluindo muitos dos nossos modelos mais lucrativos”. 

Ele acrescentou que os resultados relativamente bons se deram ao “amplo alinhamento de negócios” da Deere.
As vendas de equipamento devem cair cerca de 15% em 2015, e 21% no primeiro trimestre comparado com o ano passado.