Dólar fecha a R$ 2,59, o maior valor em nove anos

O dólar fechou em alta de 1,20% nesta quinta-feira (13), cotado a R$ 2,5948, após ultrapassar a barreira dos R$ 2,60 durante a sessão. É o maior valor desde 18 de abril de 2005, quando a moeda atingiu R$ R$ 2,6045. Também foi o nono fechamento em alta dos últimos dez dias.

O mercado continua influenciado por incertezas sobre o próximo ministro da Fazenda e a condução da política econômica no segundo mandato de Dilma Rousseff.

Na semana e no mês, a divisa acumula alta de 1,22% e 4,68%, respectivamente. No ano, a valorização é de 10,07%.

Na manhã desta sexta-feira, o Banco Central vendeu a oferta total de até 4 mil swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares, pelas atuações diárias. Foram vendidos 1,75 mil contratos para 1º de junho e 2,25 mil para 1º de setembro de 2015, com volume correspondente a US$ 197,2 milhões. 

O BC também vendeu a oferta total de até 9 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 1º de dezembro. 

Bovespa fecha em queda de 2,14% 

Já a Bovespa fechou em queda de 2,14% nesta quinta-feira, aos 51.846 pontos, depois de ter iniciado a sessão em campo positivo. É a maior queda diária desde o dia 29 de outubro, quando despencou 2,45%.

As ações da Petrobras caíram cerca de 3%. E os papéis da JBS estavam entre as principais baixas do dia.

Na semana, o Ibovespa acumula perda de 2,59%, com três quedas em quatro pregões. No mês de novembro, a bolsa caiu 5,09%, e em 2014, subiu 0,66%.