Presidente da TIM garante que operadora reagirá a ofertas

O presidente da TIM Participações, Rodrigo Abreu, afirmou nesta quarta-feira (12) que a operadora está pronta para reagir a qualquer movimento de consolidação no mercado de telefonia móvel brasileiro. A declaração foi dada durante um encontro com a comunidade financeira em Londres.    

"A consolidação é vista como uma resposta a um setor mais competitivo", disse o executivo, que confirmou estar em curso uma análise dos dados da Oi. 

Segundo rumores, a TIM teria encarregado o banco Bradesco de negociar a aquisição da companhia.    

Por outro lado, a mesma Oi contratou o BTG Pactual para viabilizar a compra da participação da Telecom Italia na TIM. De acordo com uma matéria publicada pelo jornal "Folha de S. Paulo" em 31 de agosto, a empresa já chegou a um acordo com a Vivo e a Claro para adquirir a operadora chefiada por Rodrigo Abreu e dividi-la em três.