Alexandre Tombini participa de audiência na CAE sobre política monetária

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, participa nesta terça-feira (24), às 11h30, de audiência pública promovida pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) para discutir as diretrizes, a implementação e as perspectivas futuras da política monetária brasileira.

A audiência pública atende a dispositivos do Regimento Interno do Senado Federal (parágrafos 1º e 2º do art. 99) que preveem a realização de reuniões regulares com o presidente do Banco Central para tratar da política monetária.

Na última quarta-feira (18) Alexandre Tombini afirmou em audiência pública na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO) que o Brasil está preparado para enfrentar os riscos decorrentes da transição da economia global.

Entre os fatores positivos citados por Tombini estão as reservas internacionais, que classificou como “colchão de proteção”, a baixa participação estrangeira na dívida pública e o regime de câmbio flexível, que protege o país contra “choques externos”.

Sobre a influência do câmbio na inflação, o presidente do BC disse considerar que a desvalorização do real nos últimos meses é uma fonte de pressão inflacionária no curto prazo. Em um horizonte mais amplo, no entanto, a condução adequada da política monetária deve limitar a transmissão dessa influência.