Dilma anuncia licitação da BR-163 (MT) em novembro

Em entrevista a rádios do Mato Grosso, durante visita a Rondonópolis para inaugurar um trecho da Ferrovia Ferronorte, a presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira que o governo vai licitar em novembro 851 quilômetros da BR-163, rodovia de grande importância logística no escoamento da produção agrícola na região de Mato Grosso. "São 851 quilômetros que vão ser licitados ainda em novembro, e será uma licitação feita para duplicar esta rodovia em cinco anos, dando uma taxa de retorno para os acionistas, mas também um pedágio baixo", disse Dilma.

Segundo a presidente, a BR-163 tem uma importância logística no escoamento da produção. "Qualquer grande investidor, qualquer um, e isso vai desde os chineses a todos os grandes bancos, qualquer um", afirmou a presidente.

Dilma enfatizou ainda que 336 quilômetros da BR-364 em Mato Grosso serão duplicados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no valor de 1,6 bilhão de reais.

A presidente inaugurou o Projeto Expansão Malha Norte, que inclui a Ferrovia Ferronorte, no trecho Alto Araguaia-Rondonópolis, e o Complexo Intermodal Rondonópolis. Segundo Dilma, o projeto vai “encurtar distâncias no Brasil, reduzir o custo e melhorar a vida de todos nós”.

“Tenho certeza que esse projeto é fruto da compreensão das empresas, governo e sociedade do Mato Grosso. Todos saem ganhando. Essa ferrovia não chegou sozinha, não é só duas linhas de trem, são duas boas linhas de trem e um complexo intermodal. Vou enfatizar isso, porque acho importante que seja visto por todo o Brasil como uma realização que vamos levar pra todo o país”, destacou Dilma.

Segundo a presidente, a Ferronorte vai facilitar o escoamento da safra de grãos, o recebimento de insumos e deve representar grande desenvolvimento para região de Rondonópolis. Por consequência, para Dilma, isso significará mais respaldo para o desenvolvimento e o crescimento no Brasil, que tem no agronegócio um dos principais fatores que impulsionam o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).

Ferronorte

A ferrovia possui extensão total de 260 km e foi construída para facilitar o transporte de milho, soja, farelo de soja, minério de ferro e cargas em contêineres de uma das regiões produtoras mais importantes do Centro-Oeste. Entre os benefícios para a população, com a conclusão das obras, está a redução do tempo de viagem e, consequentemente, de custos. O sistema também transportará, como carga de retorno, combustível, fertilizantes e outros insumos do agronegócio.