Mercado de câmbio tem intervenção do BC e dólar fecha em queda de 0,18%

O dólar comercial encerrou a sessão desta quinta-feira, 25, em queda, após o anúncio de leilão de swap do Banco Central (BC) e a divulgação de pedidos de auxílio-desemprego pior que o esperado nos Estados Unidos. Com isso, a moeda norte-americana recuou 0,18%, cotada a R$ 2,244 na compra e R$ 2,246 na venda.

Após alternar entre perdas e ganhos, o dólar teve uma queda mais forte no final da sessão. Segundo Guilherme Prado, especialista de câmbio da Fitta DTVM, um artigo publicado hoje no “Wall Street Journal”, do jornalista Jon Hilsenrath, tido pelo mercado como um interlocutor de Bem Bernank, presidente do Federal Reserve (FED), o banco central dos EUA, influenciou na queda da moeda ante o real.

Hilsenrath informou que a instituição financeira norte-americana deverá manter o programa de recompra de títulos de US$ 85 bilhões na decisão da reunião de julho, além de debater a revisão das metas de taxas.

Além disso, segundo Prado, as intervenções do Banco Central (BC) deram uma “contida na moeda”. O BC fez hoje mais um leilão para conter a alta do dólar e anunciou outra operação para amanhã, 26. No leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro, de hoje, foram negociados 20 mil contratos, no total de US$ 993 milhões. O vencimento será em 2 de janeiro de 2014.