Ibovespa tem pior fechamento desde abril de 2009

Bolsa caiu 4,24%, puxada pelos papéis das empresas de Eike Batista

O principal índice acionário da BM&FBovespa encerrou o pregão desta terça-feira com forte queda, puxado pelas empresas de Eike Batista, e registrou o pior fechamento desde abril de 2009. O Ibovespa caiu 4,24%, aos 45.228 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 8.752 bilhões.

Os papéis da OGX PETROLEO (ON) recuaram 19,64%, e os da MMX MINER (ON) tiveram queda de 17,29%.

Os destaques positivos da sessão ficaram por conta dos papéis da B2W DIGITAL (ON), que avançaram 6,64%, e da DASA (ON), que apresentaram alta de 2,14%. 

Já o dólar comercial fechou em alta de 0,85%, cotado a R$ 2,248 na compra e R$ 2,250 na venda.

O mercado nacional acompanhou o ritmo da moeda americana no cenário internacional, que sobe diante da expectativa da divulgação da geração de empregos nos EUA, na próxima sexta-feira. 

A valorização do dólar também foi influenciada pelos dados de produção industrial divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em maio, a produção industrial apontou queda de 2,0% frente ao mês imediatamente anterior.