Ibovespa despenca puxado pelas ações da OGX 

A Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa) opera em queda pelo terceiro dia consecutivo, puxada pelas empresas do grupo EBX, do empresário Eike Batista.

Por volta das 15h30 (horário de Brasília), o Ibovespa, principal índice do mercado acionário brasileiro, caía 4,66%, aos 45.029 pontos. 

Entre as principais quedas do dia aparecem as ações da OGX, com queda de 16%, depois de terem perdido quase 30% na segunda-feira. Os papéis da MMX apresentam desvalorização de 12%; da LLX, 8%. 

Fora do Ibovespa, as ações da OSX recuavam 17%. 

O preço-alvo para as ações da OGX ficou entre R$ 0,10 e R$ 0,30 por papel. As quedas acentuadas ocorreram após a OGX ter anunciado a suspensão de projetos de produção.