Banco Mundial aprova empréstimo para melhoria do transporte em SP

O Banco Mundial aprovou um empréstimo de US$ 300 milhões, cerca de R$ 645 milhões para o estado de São Paulo. O objetivo é melhorar a segurança do transporte e a gestão do risco de desastres naturais. Ao anunciar o empréstimo, nesta segunda-feira, a diretora do Banco Mundial no Brasil disse que o projeto deve "aumentar a competitividade, proteger o meio ambiente e conectar a logística de transporte com segurança rodoviária".

Para Deborah L. Wetzel, "São Paulo buscou soluções inovadoras para resolver os gargalos em sua infraestrutura".

Já o governador do estado, Geraldo Alckmin, disse ao Banco Mundial que o empréstimo significa "mais desenvolvimento descentralizado e mais segurança contra desastres ambientais e acidentes rodoviários".

O Projeto de Transporte Sustentável do Estado de São Paulo busca restaurar e melhorar as atuais redes de transportes e também melhorar o planejamento, a sustentabilidade e a segurança nas estradas.

Rio de Janeiro

O Banco Mundial destaca outras metas, como melhorar o planejamento do uso do solo, a aplicação da legislação do meio ambiente e modernizar o sistema ambiental.

A cidade do Rio de Janeiro também será beneficiada com um empréstimo de  US$ 16,2 milhões. Segundo o Banco Mundial, a verba deve ajudar seis milhões de moradores, em uma iniciativa de apoio à melhoria da oferta dos serviços públicos, nas áreas de saúde, educação e segurança.