Empresa alemã aumenta participação na MPX, de Eike Batista

A MPX e o player global E.ON SE, sediado na Alemanha, anunciaram hoje, 28, um aumento de participação acionária da E.ON na MPX, de Eike Batista. Como parte do acordo, a E.ON atingirá um percentual de 36,1% na MPX, contribuindo para acelerar o desenvolvimento da carteira de projetos da companhia e criar novas oportunidades no mercado brasileiro de energia. A MPX possui, atualmente, cinco usinas em operação que somam 1.082 MW de capacidade instalada e alcançará 2.838 MW até o fim de 2013. A companhia conta ainda com um portfólio greenfield de 10.000 MW composto, principalmente, por projetos térmicos, que devem desempenhar um papel cada vez mais importante no sistema elétrico brasileiro nos próximos anos.

Inicialmente, a E.ON, que já possui 11,7% de participação na MPX, irá adquirir mais 24,5% das ações da empresa hoje detidas pela EBX, por um preço mínimo de R$ 10,00, que poderá ser ajustado em mais até R$ 1,00 por ação, dependendo do preço de liquidação do aumento de capital e da performance da ação nos seis meses seguintes à conclusão da transação.

O segundo passo será a realização de aumento de capital na MPX de aproximadamente R$ 1,2 bilhão, no qual a E.ON se comprometeu a investir R$ 0,4 bilhão a um preço de R$ 10,00 por ação. A MPX contratou o BTG Pactual como bookrunner da oferta pública de ações com garantia firme de distribuição e subscrição, também a um preço de R$ 10,00 por ação, das ações não subscritas pela E.ON e outros investidores.