Confiança do empresário do comércio cai 1,6% em janeiro

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado hoje (29) pela Confederação Nacional do Comércio (CNC), apresentou queda de 1,6% em janeiro deste ano, em relação a janeiro de 2012. A redução foi provocada pela confiança em relação ao momento atual, que caiu 7,2%.

De acordo com a CNC, houve piora nas avaliações sobre a economia (-11,6%), o setor comercial (-8,3%) e a sua própria empresa (-2,2%) na comparação com janeiro de 2012.

Em relação às expectativas para o futuro, o empresário do comércio mantém, de maneira geral, o grau de otimismo verificado em janeiro de 2012. Avaliando-se item por item, no entanto, percebe-se que o empresário está mais otimista em relação à economia (1,4%) e menos confiante em relação ao segmento comercial (-0,8%) e à própria empresa (-0,6%).

Apesar de menos confiantes, os empresários fazem uma avaliação positiva de seus investimentos, com uma alta de 2,2% em relação a janeiro do ano passado. A expectativa de contratação de funcionários é 5,3% maior e a avaliação do nível atual dos estoques é 1,2% melhor.

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio fechou 2012 com queda de 4,3% em relação a 2011.