Estrangeiros diminuem investimentos no Brasil em 2012

O fluxo de recursos estrangeiros para o Brasil se reduziu em 2012, de acordo com projeções do Institute of International Finance (IIF), entidade que reúne 470 instituições financeiras no mundo, publicadas no jornal Folha de S.Paulo desta quarta-feira. 

Segundo o IIF, os recursos não chegaram ao país por causa de medidas sancionadas pelo governo desde 2010 - e parcialmente retiradas em 2012 - que colocavam entraves ao investimento estrangeiro.

Conforma a publicação, a colocação e a retirada das barreiras reduziu os fluxos de capital para o País e criou incertezas entre os investidores. Dentre os exemplos destaca-se o investimento em ações, cujas barreiras foram retiradas em 2011. 

Outro motivo verificado pelo IIF para a redução dos fluxos de investimentos para os mercados emergentes é o desempenho fraco dos grandes emergentes, como a China. Em 2013, o instituto prevê que os investimentos voltem a crescer.