Em queda, correção de aluguel residencial acompanha inflação

O aluguel residencial subiu 7,96% em São Paulo em 2012, divulgou nesta terça-feira o sindicato da habitação paulista (Secovi-SP). O percentual é menos da metade do registrado nos 12 meses de 2011 e acompanhou de perto o IGP-M (índice mais comum utilizado para corrigir os contratos de aluguel), que ficou em 7,82% em 2012.

Para o sindicato, os novos contratos devem seguir a tendência de acompanhar o IGP-M neste ano. A tendência de menor aumento no índice de correção dos aluguéis foi verificada em todos os meses de 2012.

Em dezembro do ano passado, apenas o aluguel de imóveis de um dormitório teve alta (0,5%), enquanto os demais ficaram estáveis.