Inflação na Espanha permanece em 3%

A inflação na Espanha permaneceu em 3% em ritmo anual, em dezembro, mesmo índice do mês anterior, um resultado elevado que começou em setembro com a entrada em vigor do aumento do IVA, segundo a primeira estimativa do Instituto Nacional de Estatística (INE).

O país, em recessão desde o fim de 2011, registrou inflação de 3,5% em outubro e setembro, depois de 2,7% em agosto e 2,2% em julho.

Em um esforço para reduzir o déficit público (que chegou a 9,4% do PIB em 2011), o governo espanhol aumentou o IVA de 18% a 21% em setembro. Também elevou o imposto na faixa reduzida sobre alguns produtos, que passou de 8% a 10%.