Câmara dos EUA aprova proposta para evitar abismo fiscal

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou, na madrugada desta quarta-feira, o acordo que evita o chamado abismo fiscal. A proposta, que mantém cortes de impostos para a classe média e o aumento das taxas sobre os mais ricos, já tinha sido aprovada pelo Senado.

Com a aprovação da medida, ficam adiados por dois meses os drásticos cortes automáticos nos gastos públicos. A proposta segue agora para sanção do presidente Barack Obama.

O acordo foi votado em regime de urgência, já que, na próxima quinta-feira, será empossado um novo Congresso e os projetos que não tiverem sido adotados serão cancelados.

De uma maneira geral, será mantido o nível atual da carga tributária para 98% das famílias e 97% dos pequenos negócios. No entanto, o imposto para os casais com rendas anuais superiores a US$ 450 mil passará para 39,6%, em vez dos 35% atuais.