Presidente do BC participa de debate sobre intervenções no sistema bancário  

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, participa de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, nesta terça-feira (11), para discutir as transferências de controle acionário, intervenções e liquidações que envolveram os bancos Pan-Americano, Rural, BMG, Votorantim, e, mais recentemente, Cruzeiro do Sul e Prosper.

No requerimento da audiência, o senador Cyro Miranda (PSDB-GO) sublinha que, em alguns casos, foram levantadas suspeitas de gestão fraudulenta ou temerária e que essas operações, sempre capitaneadas pelo BC, mobilizaram esforços e recursos da instituição e também do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

A audiência servirá para avaliar a situação dos depositantes, correntistas e acionistas desses bancos, bem como as razões do grande número de casos de má gestão no Sistema Financeiro Nacional, explica Cyro Miranda no requerimento, subscrito pelos senadores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) e pelo líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM).

A audiência pública terá início às 11h.

Agência Senado