Mulheres lideram na inadimplência com cheques

A pesquisa “Perfil do Consumidor Inadimplente”, realizada durante os meses de agosto, setembro e outubro pela Telecheque, empresa especializada em análise de crédito para pagamentos com cheques, mostrou as mulheres com um índice de inadimplência superior ao dos homens: 57% delas contra 43% deles. O indicador não se alterou em relação à última pesquisa, realizada pela empresa em setembro e outubro de 2011.

O principal motivo de inadimplência declarado pelos consumidores continua sendo o “descontrole financeiro”, com 36%. O motivo que vem no segundo lugar é o “empréstimo do nome” em contratos de financiamento para terceiros, ou participação dos consumidores nesses contratos como avalistas ou fiadores, com 12%.

A maior parte dos valores em inadimplência (55%) está entre R$ 50,00 e R$ 500. Somente 2% dos valores é superior a R$ 5 mil. Foram ouvidos nesse estudo 1097 consumidores, dos quais 58% ganham no máximo R$ 2.040,00.

O setor que apresentou maior inadimplência dos consumidores foi o de “Roupas e Vestuário”, que ficou com 16% dos valores inadimplentes, seguido por “Alimentação” (15% dos valores) e “Acessórios automotivos e manutenção” (14%).

O estudo concluiu que a inadimplência foi maior entre funcionários de empresas privadas (35%), com idade entre 31 e 40 anos (32%), casados (49%) e com 2º grau completo (40%).

A pesquisa realizada pela TeleCheque teve como foco pessoas inadimplentes, usuárias do meio de pagamento cheque, e o estudo é feito via telefone, através da Central de Recuperação da empresa.