Mercado prevê manutenção da taxa básica de juros nesta semana

Estimativa de crescimento da economia brasileira sofreu redução para 2012 e 2013.

Na semana em que o Comitê de Política Monetária (Copom) realiza a última reunião do ano, analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) acreditam que os membros do colegiado vão manter a taxa básica de juros, a Selic, em 7,25% ao ano, o menor patamar da história. 

Os economistas apostam, ainda, que a taxa vai continuar neste nível em 2013.

A previsão do mercado para a inflação caiu ligeiramente, passando de 5,45% na semana passada para 5,43% nesta segunda-feira. A estimativa oficial do BC é que o índice oficial de preços acumule alta de 5,2% em 2012, patamar acima da meta perseguida pela autoridade monetária, que é de 4,5%.

Para o ano que vem, a expectativa dos economistas é que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador que mede a inflação oficial, fique em 5,4%, também acima do estimado pelo governo. 

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirma que no ano que vem a inflação vai convergir para o centro da meta.

A estimativa de crescimento da economia brasileira sofreu redução para 2012 e 2013. O mercado espera que o Produto Interno Bruto brasileiro (PIB), que é a soma de todas as riquezas produzidas no País, cresça 1,5%, ante previsão de 1,52%. Para o ano que vem, a expectativa é de alta de 3,94%.