Governo espanhol anuncia novas medidas de austeridade 

O governo espanhol aprovou nesta quinta-feira o orçamento 2013, que prevê medidas de austeridade para reduzir o elevado déficit público, entre elas, um novo plano de reformas que inclui a criação de uma autoridade orçamentária independente para controlar as contas públicas.

A vice-presidente do governo, Soraya Santamaria, disse que orçamento 2013 visa principalmente a reduzir as despesas (58% do orçamento).

Mas, apesar da crise, o governo contempla o aumento das aposentadorias, dos auxílios em educação e os juros da dívida pública.

O objetivo do governo é reduzir o déficit público para 6,3% do PIB em 2012, depois para 4,5%, em 2013.

Para tranquilizar os investidores, o plano de reformas aprovado nesta quinta-feira com o orçamento inclui a criação de uma autoridade orçamentária independente que ficará encarregada de prever as derrapagens que podem ocorrer no orçamento e controlar de qualquer forma a transparência.