SP: aluguel tem menor alta anual desde 2010, diz Secovi 

O valor dos contratos de locação residencial em São Paulo apresentou alta de 0,1% em julho ante o mês imediatamente anterior, segundo informações divulgadas pelo Sindicato de Habitação (Secovi) de São Paulo. Nos últimos 12 meses, a variação registrada foi de 11,87%, a menor neste tipo de comparação anual desde outubro de 2010 (11,77%).

Apesar de ter subido acima da inflação - a inflação acumulada entre agosto de 2011 e julho deste ano é de 5,2%, segundo o IBGE - o Secovi acredita que a estabilidade registrada em julho aponta que o preço do aluguel em São Paulo está desacelerando.

De acordo com o Secovi, os imóveis que apresentaram maior aumento em julho foram os de dois dormitórios, com alta média de 0,3%. As unidades de um e três quartos ficaram com os valores estáveis.

A garantia mais utilizada pelos locadores foi o fiador, responsável por 47% dos contratos, seguido pelos depósitos de três aluguéis, com cerca de 32,5%, e por seguro-fiança, utilizado por 20,5%.