Bolsas europeias valorizam com perspectivas econômicas favoráveis 

Destaque ficou com a Bolsa de Madri, que disparou e fechou com alta de 4,05%

As bolsas europeias encerraram com valorização, em dia de agenda econômica favorável pelo mundo. O destaque ficou com a Bolsa de Madri, que disparou  e fechou com alta de 4,05%, para os 7.417,3 pontos.

O índice FTSE-100, de Londres, subiu 0,03%, aos 5.834,51 pontos. O CAC-40, de Paris, registrou ganhos de 0,91%, aos 3.480,49 pontos. E o DAX, de Frankfurt, valorizou 0,71%, aos 6.996,29 pontos.

De acordo com o relatório diário da Lerosa Investimentos, as bolsas mundiais valorizam com os dados das economias.

Na Ásia, as bolsas chinesas fecharam em queda nesta quinta-feira, puxadas pelo anúncio de que os investimentos estrangeiros no país em julho recuaram para o menor nível em dois anos, o que ofuscou os comentários do primeiro ministro Wen Jiabao sobre a possibilidade de afrouxamento monetário adicional.

Na agenda econômica, destaque para a inflação na Eurozona, que permaneceu estável em julho a 2,4% em ritmo anual, confirmou a agência europeia de estatísticas, Eurostat.

Já as vendas no varejo no Reino Unido subiram 0,3% em julho, sem comparação com o mês anterior, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas britânico (ONS, na sigla em inglês). O aumento do índice não pode ser atribuído aos Jogos Olímpicos, já que varejistas da região informaram que o evento não teve impacto nas vendas totais. O índice surpreendeu os analistas, que esperavam uma estagnação ou até mesmo um recuo de 0,1%. Em junho o índice marcou alta de 0,8%(dado revisado).