França tem crescimento nulo no 2º trimestre 

O crescimento da economia francesa foi nulo no segundo trimestre de 2012, na comparação com o trimestre anterior, anunciou o Instituto Nacional de Estatísticas (INSEE) em uma primeira estimativa para o período.

A economia francesa evita assim, por pouco, dar um primeiro passo para a recessão, como previam o Banco da França e vários economistas.

A paralisação do Produto Interno Bruto (PIB) constatado nos meses de primavera está dentro das previsões do INSEE.

Este é o terceiro trimestre consecutivo de paralisia da economia francesa, de acordo com o INSEE, que revisou para baixo os números do último trimestre de 2011 (0% ao invés de 0,1%). O crescimento para o conjunto do ano permanece inalterado, a 1,7%.

Apesar do resultado modesto do segundo trimestre, a meta do governo de crescimento de 0,3% para 2012 permanece igual.