Ibovespa opera em linha com o exterior 

O principal índice acionário brasileiro, o Ibovespa, opera em linha com o mercado externo, oscilando entre ganhos e perdas. Há pouco, o Ibovespa apresentava queda de 0,45%, aos 58.685 pontos, com giro financeiro de R$ 2.147 bilhões.

Os investidores avaliam os dados econômicos da China e Estados Unidos. Além disso, a expectativa em torno dos Bancos Centrais que devem adotar medidas econômicas prevalece.

No gigante asiático, a inflação anual subiu 1,8% em julho com relação ao mesmo mês de 2011, informou nesta quinta-feira o Birô Nacional de Estatísticas. Em contrapartida, a produção industrial no país aumentou 9,2% interanual no mês de julho, ou seja, levemente menos do que em junho (9,5%), informou nesta quinta-feira o governo.

Contribuindo para este cenário de incertezas, a OCDE observa uma desaceleração persistente da atividade na maioria das grandes economias mundiais, em particular na Itália, anunciou nesta quinta-feira a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os indicadores provisórios da OCDE mostram sinais de esgotamento das economias japonesas e americanas e uma desaceleração na China, Rússia e Índia, informa a organização em um comunicado, no qual anuncia também um crescimento moderado na Zona Euro, em particular na Alemanha e França.

No ambiente norte-americano, os dados da agenda econômica também influenciam este movimento misto da bolsa brasileira. Com isso, os novos pedidos de seguro desemprego registraram leve baixa durante a primeira semana de agosto nos Estados Unidos, segundo dados publicados nesta quinta-feira pelo departamento do Trabalho.  O departamento informou que foram apresentados 361.000 pedidos de seguro desemprego em todo o país entre 29 de julho e 4 de agosto, ou seja, 1,6% a menos que na semana precedente.

Além disso, o déficit comercial dos Estados Unidos retrocedeu em junho pelo terceiro mês consecutivo devido a uma redução das importações somado a um aumento das exportações, segundo cifras do departamento do Comércio. A balança negativa se reduziu 10,6% em um mês para ficar nos US$ 42,9 bilhões em dados corrigidos de variações sazonais, enquanto os analistas esperavam um déficit maior, de US$ 47,5 bilhões.

Por aqui, o Ibovespa, segue em linha com o mercado externo com investidores avaliando os dados da China e EUA. Há pouco, o índice, desvalorizava 0,45%.

Abrindo a agenda de indicadores econômicos brasileiros, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) publicou o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), na cidade de São Paulo, que registrou avanços e ficou em 0,16% na primeira prévia de agosto, ante 0,13% registrados na semana anterior.

Entre as divulgações, a quantidade de pessoas que procurou crédito no mês de julho/12 foi 8% superior à verificada em junho/12, de acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito.

E a sétima estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas (caroço de algodão, amendoim, arroz, feijão, mamona, milho, soja, aveia, centeio, cevada, girassol, sorgo, trigo e triticale) indica produção da ordem de 163,3 milhões de toneladas, em 2012, 2,0% superior à obtida em 2011 (160,1 milhões de toneladas) e 1,6% maior do que a estimativa de junho, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre as divulgações corporativas, a Eternit S.A, no  2º trimestre do ano de 2012 operou em capacidade máxima na mineração do crisotila, acima de 80% na linha de fibrocimento e cerca de 60% nas telhas de concreto. E na comparação com o mesmo período do ano anterior, o lucro líquido cresceu 28,7% e atingiu R$ 27,0 milhões com margem liquida de 13%.

E o Banco PanAmericano, que tem como sócios a Caixa Econômica Federal e o BTG Pactual, registrou prejuízo líquido de R$ 262,5 milhões, no segundo trimestre do ano.

Enquanto isso, a Fras-le obteve lucro bruto consolidado do 2T12, no montante de R$ 50,8 milhões, atingiu evoluções de 41,1% sobre o 1T12 e 34,0% em relação ao 2T11. A margem bruta consolidada do 2T12 foi de 29,8% ou 6 pontos percentuais superior ao 1T12 e 3,8 pontos percentuais maior que o 2T11. O lucro bruto consolidado de R$ 86,8 milhões no semestre teve um incremento de 21,5% em relação ao período acumulado de janeiro a junho de 2011.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da Gol (PN) que avançavam 3,88% e a Gafisa  (ON) que apresentavam alta de 2,98%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da Usiminas (PNA), que recuavam 4,00% e a Lojas Renner (ON) que apresentavam revés de 3,21%.