Funcionários do Banco Central fazem paralisação nesta quarta-feira

O Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central espera que a paralisação de 24 horas marcada para amanhã (8) conte com a adesão de 80% dos servidores. O banco tem 4.540 funcionários distribuídos em Brasília e mais nove cidades.

O presidente do sindicato, Sérgio Belsito, afirma que “a adesão vai ser grande”. Ele disse que o serviço de atendimento ao público será mantido durante o dia de paralisação.

A distribuição de cédulas e moedas deve parar e as mesas de operação de câmbio e títulos públicos vão funcionar com poucos funcionários, o que pode atrasar o fechamento.

Os servidores do BC querem reposição salarial da inflação de 23,01%. De acordo com Belsito, o banco não dá aumento desde 2008.

A decisão de fazer a paralisação amanhã foi definida em assembleia realizada no último dia 2. Está previsto também indicativo de greve por tempo indeterminado, a partir do dia 20.