Chávez dá incentivos à economia após associação ao Mercosul 

A dois meses das eleições nas quais tenta a reeleição, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, defendeu estímulos às indústrias venezuelanas em decorrência do ingresso no Mercosul.

Chávez anunciou medidas de incentivo à indústria, melhorias de estradas e ferrovias, além da construção de uma usina de energia.

De acordo com ele, o objetivo é unir forças entre a iniciativa privada, o setor público e a sociedade civil para assegurar os avanços na economia. Chávez ressaltou que é necessário fechar parcerias com a iniciativa.

Ele disse que é preciso aliar medidas que vão desde o incentivo à indústria a melhorias das estradas de ferro e rodovias, assim como suporte no parque elétrico.

No seu discurso, o presidente destacou a necessidade de diversificação da produção, com instalação de fábricas de vidro e alumínio. De acordo com ele, em breve serão exportados recipientes de vidro para o Brasil.