Economia recuperará dinamismo de forma gradual, diz Serasa Experian 

O Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Atividade Econômica, que, por sua metodologia de construção, possui a propriedade de antever os movimentos cíclicos da atividade econômica com seis meses de antecedência, cresceu 0,2% em abril de 2012 frente ao mês imediatamente anterior, atingindo o valor de 99,4.

Apesar de ter sido pequena, esta alta de 0,2% foi a maior variação mensal positiva dos últimos oito meses do indicador. Isto sinaliza que o atual quadro de baixo dinamismo da economia brasileira ainda persistirá por mais alguns meses e, neste sentido, taxas mais robustas de crescimento econômico deverão ocorrer somente por volta do quarto trimestre de 2012.

O agravamento do cenário internacional (dificuldades financeiras da Zona do Euro e desacelerações econômicas na China e nos EUA) e os elevados níveis de inadimplência e de endividamento do consumidor brasileiro são elementos que tenderão a manter contida a evolução da atividade econômica doméstica, a despeito das medidas fiscais e monetárias de estímulo que vêm sendo adotadas pelo governo.