Fraude no IR: contribuinte envia mesma declaração 281 vezes  

A Secretaria da Receita Federal informou nesta sexta-feira que mais contribuintes estão sendo intimados a dar explicações ao Fisco por suspeitas de fraudes na declaração do Imposto de Renda. Apenas no primeiro dia de envio, 6,5 mil contribuintes tentaram fraudar os controles da Receita, entregando 14,7 mil declarações. Um deles tentou apresentar a declaração 281 vezes, testando o sistema da Receita para conseguir maior restituição. 

Para esses contribuintes, o Fisco irá verificar novamente as declarações apresentadas em anos anteriores. Caso apresentem indícios de fraude, a multa mínima será de 150% sobre o valor devido, podendo chegar a 225%.

De acordo com o subsecretário de Fiscalização da Receita, Caio Marcos Cândido, essa primeira fase de intimações atinge declarações processadas até o dia 15 de abril deste ano. Até o final de 2012, outras 200 mil declarações devem ser fiscalizadas. Além disso, a Receita também convocou mais 158 mil contribuintes para explicar a declaração do ano passado.

Os três maiores indícios de fraude identificados pela Receita foram em relação a pagamentos a médicos no exterior, pagamentos de pensão alimentícia e pagamentos para a previdência privada. Pelos dados apresentados pela Receita, no ano passado, mais de 385 mil foram intimados a devolver aos cofres públicos cerca de R$ 5,8 bilhões, entre imposto devido, multa e juros. Para este ano, a previsão é que o o montante de crédito tributário lançado chegue a R$ 6 bilhões.

O crescimento na previsão de retorno aos cofres públicos surgiu a partir do balanço de tentativas de burlar o sistema da Receita Federal logo no primeiro dia de entrega das declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física 2012, ano-base 2011.