Após anúncio sobre YPF, Espanha convoca embaixador argentino  

MADRI, 17 ABR (ANSA) - A Espanha convocou hoje o embaixador argentino em Madri, Carlos Bettini, após Buenos Aires anunciar a expropriação de 51% da petrolífera YPF, controlada pela espanhola Repsol.

Bettini se reuniu com o chanceler espanhol, José Manuel García-Margallo, na sede do Ministério das Relações Exteriores de Madri. Esta foi a segunda vez em quatro dias que o diplomata foi chamado para prestar esclarecimentos sobre o caso.

Na sexta-feira, García-Margallo já havia demonstrado a Bettini a "preocupação" do governo espanhol com a possível expropriação.

Ontem, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, apresentou ao Congresso um projeto de lei para expropriar 51% das ações da petrolífera, que desde 1999 está sob poder da Repsol.

A Espanha, por sua vez, anunciou que adotará medidas "claras e contundentes".