Previdência complementar aberta arrecada R$ 4,4 bi em fevereiro 

O mercado de previdência privada fechou o mês de fevereiro com arrecadação de R$ 4,4 bilhões, consolidando crescimento de 19,45% na comparação com o mesmo período do ano anterior. A forte expansão segue tendência verificada em janeiro, mês em que as contribuições avançaram 19,27%. No primeiro bimestre, a arrecadação bateu a marca de R$ 9,1 bilhões contra R$ 7,6 bilhões no mesmo período de 2011, aponta a Fenaprevi, (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), entidade que reúne 61 sociedades seguradoras e 15 entidades abertas de previdência complementar no país.

“Começamos o ano em ritmo forte de expansão, que traduz a preocupação das famílias com a formação de poupança de longo prazo”, avalia Marco Antonio Rossi, presidente da entidade. “O ritmo de aportes no sistema também expressa o bom momento do emprego e da renda no país”, avalia o executivo.

Ao contrário do que vinha sendo verificado nos últimos dois meses (dezembro/2011 e janeiro/2012), os planos empresarias deixaram o posto de maior crescimento relativo do sistema. Os dados da Fenaprevi mostram que em fevereiro, os planos individuais foram os que registraram maior expansão percentual. Com aportes de R$ 3,7 bilhões, esta categoria de planos registrou avanço de 20,87% na comparação aos R$ 3,1 bilhões arrecadados em fevereiro de 2011. 

Os planos empresariais, por sua vez, tiveram alta de 11,01% e arrecadação de R$ 508,4 milhões. Já os aportes para os planos para menores registraram R$ 143 milhões, alta de 14,84%Segundo o levantamento, em fevereiro, o produto VGBL arrecadou R$ 3,62 bilhões com crescimento de 23,63%. O produto é indicado ao investidor que não declara imposto de renda pessoa física pelo modelo completo de declaração anual de ajustes. A arrecadação dos planos PGBL’s cresceu 7,96%  e movimentou R$ 513,7 milhões. Estes planos são voltados para quem utiliza o modelo completo da declaração anual de ajustes do imposto de renda pessoa física. Já os planos tradicionais totalizaram aportes no valor R$ 247 milhões no período.