Vazamento reduz produção de petróleo no pré-sal 

A produção na camada pré-sal teve queda significativa em fevereiro. Foram produzidos 141,5 mil barris de petróleo e gás natural naquele mês, queda de 22,5% em relação a janeiro, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo). A retração ocorreu devido ao acidente em um poço em teste na área de Carioca Nordeste, na bacia de Santos, que provocou vazamento na região. A produção ali foi interrompida em fevereiro.

Ao todo, a produção de petróleo no Brasil em fevereiro foi de 2,205 milhões de barris diários, redução de 1,1% frente a janeiro. Em relação a fevereiro de 2011, houve ampliação de 6,9% na produção petrolífera do País. Já a produção de gás natural teve retração de 5,7% ante o mês anterior, ficando em 67 milhões de metros cúbicos por dia. Na comparação com fevereiro de 2011, cresceu 6,8%.A maior parte da produção de petróleo e gás é oriunda da Petrobras. A estatal é responsável por 91,7% do total. As demais empresas tiveram produção total de 207 mil barris de petróleo e gás por dia. 

O campo de Marlim Sul, na bacia de Campos, teve a maior produção do País, com média diária de 352,8 mil barris de petróleo e gás por dia.