Pedidos de falências crescem no trimestre, revela Serasa Experian 

O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações registrou, de janeiro a março de 2012, 449 pedidos de falências em todo o país. O número supera os 437 requerimentos realizados em igual período de 2011.

Dos 449 pedidos de falências realizados no primeiro trimestre deste ano, 253 foram feitos por micro e pequenas empresas, 116 por médias e 80 por grandes.

Para os economistas da Serasa Experian, o crescimento nos pedidos de falência, na comparação entre os primeiros trimestres de 2012 e 2011, deve-se às taxas de juros ainda elevadas – sobretudo no capital de giro –, da alta inadimplência do consumidor e das oscilações na atividade econômica.

Na variação mensal, março ante fevereiro, houve evolução das falências requeridas, decretadas e das recuperações judiciais, em razão do maior número de dias úteis no terceiro mês do ano. O Carnaval, em fevereiro, definiu um menor número de dias úteis, o que também levou muitas falências e recuperações desse mês ser registradas em março, contribuindo para ampliar a estatística.