Faturamento da indústria cresce em fevereiro 

O faturamento real (descontada a inflação) da indústria cresceu em fevereiro 1,5%, ante janeiro deste ano, segundo os Indicadores Industriais divulgados hoje (10) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O crescimento sucede dois meses de queda. Já na comparação com o mesmo mês de 2011, o faturamento registrou queda de 3,3%.

De acordo com os dados dessazonalizados (ajustados para o período), a utilização da capacidade instalada (UCI) chegou a 82,1%, em fevereiro, ante os 82,4% janeiro de 2012. Em fevereiro de 2011, esse percentual médio era 83,4%. O índice indica o quanto do parque industrial brasileiro esta sendo usado para atender à demanda por produtos.

As horas trabalhadas cresceram 2,2%, nesse mesmo tipo de comparação. De acordo com a CNI, o crescimento do faturamento e das horas trabalhadas “não sinaliza um bom desempenho da atividade industrial”. Conforme o relatório, “esses indicadores estão variando entre queda e crescimento há alguns meses e ainda não entraram em uma trajetória de expansão contínua”.  

O emprego ficou estável em fevereiro na comparação com o mês anterior. Na comparação com fevereiro do ano passado, o emprego cresceu 0,4%.