Bolsas europeias abrem em alta a espera de dados econômicos

Os principais índices acionários da Europa apontam ganhos na abertura do pregão desta sexta-feira (30). O otimismo vêm com o início das conversas entre os ministros de Finanças da Zona do Euro na tentativa de reforçar os fundos de resgate do continente.  

A esperança do mercado é que o aumento da capacidade do firewall europeu seja aprovado, chegando a 940 bilhões de euros, com a junção dos 500 bilhões do ESM (Mecanismo Europeu de Estabilização), dos € 200 bilhões do EFSF (Fundo Europeu de Estabilização Financeira) e ainda mais € 240 bilhões adicionais, que elevariam o teto para o valor esperado. 

No entanto, a ministra das Finanças da Áustria, Maria Fekter esfriou os ânimos do mercado, afirmando que o fundo será ampliado para um total de 800 bilhões de euros.

Na Espanha, o primeiro-ministro Mariano Rajoy, anunciará ainda hoje corte no orçamento mais severo de toda a história. Uma redução de 35 bilhões de euros do país é o esperado pelo mercado. 

Agenda econômica

A taxa de inflação anualizada na Zona do Euro ficou em 2,6%, caindo um décimo em março com relação a fevereiro, segundo o cálculo preliminar publicado pelo Eurostat.

Nos EUA, o mercado ainda aguarda o Personal Income e o Personal Spending, que medem a renda individual e os gastos dos consumidores norte-americanos, respectivamente. 

Ainda hoje, o Chicago Purchasing Managers’ Index, divulga o nível de atividade industrial na região de Chicago no mês de março. O Michigan Sentiment, que mostra a leitura final de março do índice de confiança do consumidor dos EUA também será anunciado hoje.