Eurozona cancela reunião para discutir reforço do fundo de resgate

A reunião de cúpula da Eurozona, prevista para 2 de março, depois de uma reunião de dirigentes da União Europeia (UE) foi cancelada em consequência da recusa da Alemanha a abordar a questão do reforço dos fundos de resgate para o espaço monetário.

De acordo com fontes diplomáticas, a reunião provavelmente será transferida para o fim de março.

O presidente da UE, Herman van Rompuy, havia convocado os dirigentes dos 17 países da Eurozona para um encontro em 2 de março, com o objetivo de debater o reforço do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEDE), o fundo resgate permanente para financiar os países mais frágeis e com problemas de financiamento nos mercados da dívida.

Mas o ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schäuble, advertiu que nenhuma decisão seria tomada no encontro. Assim, o bloco decidiu cancelar a reunião.