PT reage a fala de FHC sobre desmistificação das privatizações 

A cúpula do PT rebateu as declarações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que afirmou que os recentes leilões de aeroportos brasileiros "desmistificam o demônio privatista". Versão preliminar de uma resolução política apresentada na quinta-feira pelo Diretório Nacional do partido afirma que "não é verdade que acabou a disputa ideológica sobre as privatizações, como afirmou uma apressada voz tucana", se referindo a FHC. 

"Nós não confundimos concessão com privataria tucana", afirmou o presidente do PT, Rui Falcão. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Falcão afirma ainda que o sistema de concessão dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília "nada tem a ver com o modelo privatista dos tucanos, que entregaram patrimônio público a preços duvidosos". O documento ainda pontua diferenças que teriam as concessões de aeroportos no governo Dilma Rousseff e a venda de estatais na gestão Fernando Henrique, de 1995 a 2002. 

"Antes, as empresas públicas (...) eram vendidas dentro da concepção de Estado mínimo, e os recursos, usados para pagamento de dívidas", diz trecho da resolução, que logo em seguida diz que "agora, os ganhos para o poder público são enormes e aplicados no desenvolvimento do país".