Petróleo fecha em queda em NY, mas sobe em Londres 

Os preços do petróleo fecharam em queda nesta quarta-feira em Nova York afetados por uma alta dos estoques de petróleo nos Estados Unidos, mas subiram em Londres.

O barril de West Texas Intermediate (designação do "light sweet crude" negociado nos EUA) para entrega em março cedeu 87 centavos em relação ao fechamento de terça-feira, a 97,61 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Em Londres, o barril de Brent do Mar do Norte com a mesma entrega fechou em 111,56 dólares no Intercontinental Exchange (ICE), em alta de 58 centavos.

Depois de abrir em alta, os preços do WTI caíram diante da publicação das cifras de reservas de petróleo nos Estados Unidos. O Departamento de Energia (DoE) deu conta de um aumento de 4,2 milhões de barris nos estoques de petróleo na semana finalizada em 27 de janeiro, superando as previsões dos analistas.

"Tivemos dados ruins sobre os estoques de petróleo", comentou Bart Melek da TD Securities. "Os preços caíram depois da publicação e a demanda não foi muito boa, particularmente para a gasolina", completou.

As reservas de gasolina aumentaram 3 milhões de barris, quando os analistas previam uma alta 15 vezes menor. Os estoques de destilados (diesel e combustível para calefação) retrocederam em 100.000 barris, menos que o previsto.

No total, os estoques americanos de petróleo e derivados aumentaram 8,4 milhões de barris, depois de uma queda de 4,3 milhões de barris na semana anterior.