IPC-S registra alta na primeira semana do ano 

O IPC-S de 07 de janeiro de 2012 apresentou variação de 0,93%, 0,14 ponto percentual acima da taxa registrada na última divulgação. Esta foi a maior taxa desde a terceira semana de maio de 2011, quando o índice registrou variação de 0,96%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Nesta apuração, quatro classes de despesa apresentaram aceleração em suas taxas de variação, cujos destaques foram: Educação, Leitura e Recreação (0,42% para 1,38%) e Alimentação (1,65% para 1,92%). As principais contribuições para o acréscimo registrado nas taxas desses grupos partiram dos itens: cursos formais (0,00% para 2,07%) e hortaliças e legumes (0,58% para 4,48%).

Os grupos Transportes (0,59% para 0,61%) e Despesas Diversas (0,11% para 0,14%) também registraram acréscimos em suas taxas de variação. Na primeira classe de despesa, a contribuição para este movimento partiu do item tarifa de ônibus urbano (0,02% para 0,53%). Na segunda, o destaque foi o item alimento para animais domésticos (-1,42% para -0,24%).

Em contrapartida, os grupos Vestuário (1,03% para 0,55%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,68% para 0,65%) e Habitação (0,27% para 0,25%) registraram decréscimo em suas taxas de variação. Para cada uma dessas classes de despesa, vale citar o comportamento dos itens: roupas (1,29% para 0,68%), serviços de cuidados pessoais (1,02% para 0,68%) e tarifa de eletricidade residencial (0,52% para 0,01%), nesta ordem.