OMC aprova adesão da Rússia após 18 anos de negociações

A conferência ministerial da Organização Mundial de Comércio (OMC) aprovou nesta sexta-feira em Genebra a adesão da Rússia na organização, pondo fim a 18 anos de negociações. A Rússia, única grande economia que ainda está fora da OMC, só poderá ser convertida em membro permanente 30 dias depois de o Parlamento russo tenha ratificado a ideia, o que deve ser feito até 15 de junho.

A ministra russa do Comércio, Elvira Nabiullina, que se encarregará de firmar o Protocolo de Adesão, disse que a sexta economia do mundo tem se preparando há muito tempo para este momento.

A Rússia apresentou sua candidatura à OMC em 1993, mas as negociações foram prolongadas devido à guerra com a Geórgia em 2008, país que vetou a entrada da Rússia até novembro deste ano.