Governo italiano aprova plano rigoroso contra a crise

ROMA - O governo de Mario Monti aprovou neste domingo um plano rigoroso, de 24 bilhões de euros, a fim de proteger a Itália da crise da dívida, indicou a imprensa italiana.

O plano prevê cortes nos gastos públicos, um aumento dos impostos, principalmente imobiliários, e uma reforma das aposentadorias, que os sindicatos rechaçam, indicaram as fontes.