Sarkozy: 'financiamento do modelo social europeu precisa de reforma urgente' 

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu nesta quinta-feira em Toulon (sul) uma reforma do financiamento do modelo de proteção social que se tornou, segundo ele, insustentável. 

"Não podemos financiar nossa proteção social como antes, com cotações salariais quando as fronteiras são mais abertas e temos que enfrentar a competência de outros países com baixos salários. A reforma de nosso modelo social possui uma urgência absoluta’, afirmou o Sarkozy em um discurso sobre a crise na Europa. 

"Não podemos conservar a mesma organização de nossa proteção social da época do pós-guerra, pois as pessoas mudam de empresas, de setor e de função ao longo de suas carreiras’, afirmou. 

O líder conservador anunciou que em janeiro convidará a todos os interlocutores sociais a participar de uma reunião sobre o emprego. 

Desde sua chegada ao poder em 2007, Sarkozy realizou uma reforma do sistema previdenciário, mas a reforma do sistema de trabalho apresenta fortes resistências.