Europa precisa reconstruir “soberania política” para enfrentar mercados

O comissário europeu responsável pelos serviços financeiros, Michel Barnier, advertiu hoje (15) para a necessidade da Europa "reconstruir" a sua "soberania política" para enfrentar "a soberania dos mercados" e das agências de notas de crédito.

"É assim que funciona uma democracia moderna e é este o nosso estado de espírito", disse o comissário europeu em Estrasburgo, na França, onde apresentou algumas propostas à Comunidade Europeia sobre as agências de notas de crédito.

Bruxelas quer implementar um novo regulamento com o intuito de "reforçar a integridade, transparência, responsabilidade, boa governança e confiança” de atividades dessas empresas de notas de crédito. Assim, acrescentou o comissário, haverá uma contribuição para a qualidade dessas notas na União Europeia e "para o bom funcionamento do mercado interno", com a proteção dos consumidores e investidores.

Entre as propostas estão mudanças nas regras sobre as agências de notas de crédito para fortalecer o sistema financeiro europeu, como, por exemplo, a possibilidade delas serem alvo de responsabilidades civis caso não cumpram a legislação, disse Michel Barnier.