Bolsas norte-americanas abrem em queda

A Bolsa de Nova York registrava uma leve queda nesta segunda-feira pouco depois da abertura, afetada pelas dificuldades enfrentadas pela Itália nos mercados: o Dow Jones perdia 0,14%; o Nasdaq, 0,32%.

Por volta das 14h40 GMT (12h40 de Brasília), o Dow Jones Industrial Average perdia 17,40 pontos, a 12.136,28 pontos; e o Nasdaq, 8,53 pontos, a 2.670,22 unidades.

O índice ampliado Standard & Poor's 500 recuava 0,47% (5,89 pontos) a 1.257,96 pontos.

Na ausência de divulgação do indicador econômico nos Estados Unidos, "a incerteza política na Europa continua a monopolizar as atenções", ressaltaram os analistas da Charles Schwab.

Na sexta-feira, Wall Street havia fechado em forte alta, graças à chegada do governo de transição na Grécia e à adoção pelo Senado italiano do plano de austeridade: o Dow Jones havia subido 2,19%; o Nasdaq, 2,04%; e o S&P 500, 1,95%.

As reformas foram definitivamente aprovadas pelo Parlamento italiano durante o final de semana, um voto seguido da renúncia do chefe de governo Silvio Berlusconi.

"Como consequência, todos os olhares estão agora estão voltados para o ex-comissário europeu Mario Monti, encarregado de formar um novo governo, assim como para o mercado obrigatório do país, muito endividado", explicou Andrea Kramer, da Schaeffer's Investment.