Diretora do FMI pede clareza política na Itália e Grécia

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), a francesa Christine Lagarde, afirmou que é necessária uma "clareza política" na Itália e na Grécia.

"Clareza política leva a mais estabilidade, e meu objetivo é mais e melhor estabilidade," disse Lagarde, em referência às crises políticas que abalam os governos da Grécia e da Itália.

Lagarde, que faz uma visita de dois dias à China, também afirmou que as economias emergentes têm um papel a desempenhar na solução da crise da dívida que ameaça as finanças ao redor do mundo. Ela pediu que estes países permitam a valorização de suas moedas.

"Mercados emergentes, e os grandes mercados emergentes em particular, têm um papel a desempenhar com uma mudança em seu modelo de crescimento ou permitindo que suas moedas se valorizem de maneira apropriada", declarou.

A chefe do FMI fez as afirmações em um momento no qual as Bolsas de todo o mundo estão em baixa com a crise na Eurozona.