Grécia: Sarkozy e Merkel dispostos a negociar com os bancos

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, e a chanceler alemã, Angela Merkel, preveem negociar pessoalmente com os bancos credores da dívida grega para convencê-los de uma perdão de cerca de 50% da dívida do país, disse uma fonte governamental europeia.

A iniciativa acontece num momento em que as negociações para recapitalizar os bancos, realizada entre os dirigentes da União Europeia em Bruxelas, avançam lentamente.