Copom decide juros nesta quarta; mercado vê corte de até 1 ponto

A decisão sobre a taxa básica de juros (Selic) do Banco Central (BC) é destaque na agenda brasileira nesta quarta-feira e a expectativa é de novo corte. Em agosto, a decisão de reduzir a taxa em 0,5 ponto percentual surpreendeu o mercado financeiro. 

Para a reunião de hoje, a expectativa predominante no mercado é que o Comitê de Política Monetária (Copom) volte a reduzir a Selic em 0,5 ponto percentual. No entanto, há instituições financeiras que apostam em um queda de até 1 ponto percentual.

Na reunião anterior, o comitê formado por diretores do BC aprovou, por 5 votos a 2, a redução em 0,5 ponto percentual, além de sinalizar a possibilidade de novas reduções, tanto na nota distribuída depois da reunião quanto na ata divulgada na semana seguinte.A expectativa do mercado, de acordo com o boletim Focus divulgado pelo BC na segunda-feira, é que a Selic termine o ano em 11%. 

Como a reunião é realizada em duas etapas, a definição da taxa de juros que remunera os títulos públicos depositados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) só é conhecida depois dos debates finais, no segundo dia, quando é encaminhada a votação. O resultado é divulgado sempre à noite, depois do fechamento do mercado financeiro.