Rendimento de bônus francês e alemão tem diferença recorde

A diferença de rendimento dos bônus franceses com vencimento para dez anos e dos alemães com o mesmo vencimento, de referência na zona do euro, dispararam a um nível recorde nesta terça-feira, após a advertência formulada pela Moody's à França.

A agência anunciou na noite de segunda-feira que estudará se revisa a perspectiva da classificação da dívida soberana francesa, considerada 'estável' até o momento.

Caso a agência decida colocá-la em perspectiva negativa, isso seria um passo praticamente definitivo para a redução da nota da dívida francesa, atualmente no melhor patamar possível (AAA).

Pela primeira vez desde a criação da zona do euro, o diferencial entre os juros dos bônus franceses à 10 anos e os alemães superou um ponto percentual.

Às 16H00 GMT (14H00 de Brasília), o rendimento do bônus alemão a dez anos caía a 2,011%, enquanto que a do bônus francês subia a 3,128%. Na segunda-feira, esse diferencial, chamado "spread" no jargão financeira, se situava a 95 pontos básicos. Ao mesmo tempo, o juros do bônus alemão baixava, reforçando o papel do valor seguro deste ativo.