Plano europeu contra crise é adequado, diz Geithner

O secretário do Tesouro americano, Tim Geithner, disse que o plano apresentado neste sábado pelos países europeus na reunião ministerial do G20 para enfrentar a crise da dívida da Zona Euro contém elementos convincentes.

"Escutamos nossos colegas europeus em Paris dizer coisas alentadoras sobre um novo plano global para enfrentar a crise no continente", afirmou Geithner em um comunicado emitido no final da reunião.

Esse plano poderá servir para combater a crise e assegurará que "os governos europeus possam ter acesso ao crédito a taxas sustentáveis enquanto continuam suas reformas"; garantirá também "uma recapitalização mais ampla dos bancos, um apoio maior a um programa sustentável na Grécia e (dará) passos rumo a uma união fiscal", revelou.

"Esse plano contém os elementos adequados", destacou.

Geithner reiterou, por outro lado, que o FMI dispõe dos recursos necessários para fazer frente à crise, apesar dos chamados de outros membros do G20 para ampliar os meios de intervenção do órgão multilateral.

"O FMI dispõe de um arsenal de recursos financeiros e apoiaríamos o uso mais amplo dos recursos existentes como complemento de uma estratégia europeia global e bem desenhada, junto a uma maior participação dos recursos europeus", afirmou.