Nokia demitirá 3.500 funcionários até o fim de 2012

A gigante finlandesa da telefonia Nokia anunciou nesta quinta-feira que pretende demitir 3.500 funcionários nos Estados Unidos, Alemanha e Romênia até o fim de 2012.

"A Nokia pretende encerrar suas atividades em Cluj, na Romênia, no fim de 2011 e fechar (fábricas e atividades comerciais) em Bonn, na Alemanha, e em Malvern, nos Estados Unidos, até o fim de 2012", informou o grupo em um comunicado.

Em abril, a empresa já havia anunciado 4.000 demissões e outras 3.000 de caráter externo, substituídas por terceirizados, como parte de um amplo programa de reestruturação.

A Nokia pretende anunciar novas demissões em 2012.

A nova estratégia da Nokia tem como objetivo deter a queda de sua cota de mercado para concorrentes como Blackberry (RIM), iPhone (Apple) e outros celulares que utilizam o sistema operacional Android (Google).

A Nokia chegou a ser líder mundial inquestionável dos telefones celulares, mas perdeu espaço para a concorrência e representava 23% do mercado no segundo trimestre de 2011, depois de ter alcançado 40% no primeiro semestre de 2008.